morte... vida...

Todos nós temos aquela pessoa na família, aquele tio ou tia preferido...
Eu posso me recordar dia destes quando ele esteve lá em casa, me encheu de beijos como sempre, me fez rir muuuuuuito como sempre, e me abraçou forte como sempre querendo apertar até minha alma...

Mas a vida as vezes nos tira essas pessoas especiais...
Que é pra gente aprender a ser especial na vida de outros...
Que é pra gente aprender o valor de um sorriso...
Que é pra gente aprender que temos as vezes muito pouco tempo... pra viver...


Mais tio que primo,
Que sabia como ninguém me fazer rir das bofetadas que a vida dá na gente...
Seja lá onde for que ele esteja, a lembrança que eu vou guardar é dele vivo,
de cada vez que me via e o espanto com a rapidez do tempo...
Perguntando quando ia levar os namorados para conhece-lo brincadeira que, ele sabia, não me agradava muito...

É uma pena que não tivemos a oportunidade de fazer nada,
Uma morte especial,
Num dia especial...
É uma pena que ele não tenha tido tempo para se despedir da gente...
Pra dar aquele sorriso e nos encher de beijos como sempre...
Era tão cedo...

Observação: que serve pra quem lê e pra quem escreve, cuidado com o uso do cigarro, do álcool... Dê valor a sua vida e a vida daqueles que te amam incondicionalmente.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

0 comentários: