Porque na vida as sensações se repetem...


Continuamos, porque estamos sempre a caminho de...
como se não pudéssemos saber pra onde, nem como, nem quando.
Caminhando, sempre sozinho, porque não é o outro nem o amor do outro que nos faz ser, somos nós mesmos.
Às vezes tenho inveja daqueles que conseguem viver pensando somente no hoje, numa cidade pequena, numa casa simples, numa vida simples...
Nem sei também se me seria, se me acostumaria com algo assim, pois, a vida inteira aprende-se como agir, como viver, como ser de uma maneira e não de outra...
E depois você já não aprende mais nada, porque já não é preciso, já está tudo imprimido no seu ser com tinta perpétua...

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments