Quem sabe mesmo?


 
Tem gente que diz que sabe,
tem gente que “sabe tudo”...

ou pensa que sabe.

Não, não sabem de nada e
o nada que sabem é muito 
POUCO.

Ao contrário quem diz que nada sabe,
muitas vezes sabe muito...
e o nada que dizem saber, este sim vale muito.

Eu, eu não digo nada

Não sei nada e nem sei tudo

Sei que me calo e escuto que silêncio em certos casos...
Ah o silêncio, em seu nada dizer muitas vezes diz tudo!

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

8 comentários:

Dri Viaro disse...

Oi, passei pra conhecer o seu blog, e desejar bom fds.
bjss

aguardo sua visita ;)

* hemisfério norte disse...

só sei q nada sei
:)
a.

Jaquelyne A. Costa disse...

Raquel,

esse seu poema é maravilhoso!
Olha, essa semana ainda enfrentei um arrogantes desses que acham que sabem de tudo quando na verdade são burros de alma.

Adorei!
Desculpa a demora em lhe retribuir a visita! Mil perdões!

Beijos

Chris disse...

Gostei de visitar este seu cantinho.
Entre o saber e o conhecer...
Um abraço
Chris

Menos Inútil disse...

oi Raquel!!
qto tempo!!
q bom q vc me visitou!
=D

nos reencontramos
hehehe

amei o post! eu diria o mesmo q vc "Não sei nada e nem sei tudo"
porém , no meio dos livros, sempre tento saber alguma coisa...
=D

Beijos!!!

Menos Inútil disse...

essa imagem é linda! perfeitaaaa!!

O Profeta disse...

Porque será que os pássaros
Cantam na partida do dia
Porque será que um amante ausente
Fica de alma apertada, vazia?

Porque será que as ondas lamentam
Em sussuros de sal no areal
Porque será que as rezas são feitas
Para correr para o longe o perverso mal?


Boa semana


Doce beijo

Felipe Dib Boufflers disse...

o silêncio me diz coisas que só ele pode dizer!