O NOVO, de novo...



Um sorriso...
Como aquele de criança,
Uma lembrança...
Como a do dia em que pela primeira vez se viu uma borboleta,
Um desejo...
Como se inalcançável fosse...
Ocorreu tudo conforme meu esforço, mas a necessidade de novo, permanece...

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

7 comentários:

Pâmela disse...

Existe um sorriso que vem me encantando, rs. Beijos!

Aline disse...

Lindo poema, você que escreveu?

Obrigada pela visita, volte sempre!

Beijos

Olhos e pensamentos disse...

O adorei a visita, e amei seus posts, textos pequenos, leves e com muito significado..ficarei por aqui

MEUS PENSAMENTOS disse...

COMO O SILENCIO AS VEZES É VALIOSO!!
TE CONVIDO A LER A NOVA POSTAGEM BJOS!

Vinícius Aguiar disse...

Fiquei feliz com a sua presença no meu blog! Infelizmente não tive tempo de apreciar seu espaço ainda, mas já sou seu seguidor, e com certeza voltarei aqui nas próximas atualizações!

Beijos!

Lena Casas Novas disse...

Bem, todo mundo sabe um pouco de tudo. O melhor: "a dor e a delicia de ser o que é"

Paulo Viggu disse...

Também vou de silêncio e muitas vezes o silêncio fala mais. Aprendo no silêncio a ser potência ne detesto a gritaria do poder. Isso eu já aprendi. Beijo em você - Paulo Viggu