::::MERDA::::

Quanto mais eu me aproximo das pessoas, mais o meu olhar se embaraça como numa ilusão e faço isto pra não ver os erros e o que se chama de falhas... Enquanto destaco os pontos positivos e desconsidero os negativos os outros – quanto mais se aproximam de mim – mas fazem questão de me destacar os defeitos...
O engraçado (ou melhor, dizendo irônico) é que nós temos uma facilidade imensa para apontar os erros, sobretudo se forem alheios e, contudo não sabemos com naturalidade elogiar as qualidades... Dizer o quanto tais pessoas são boas, ou amáveis, ou o quanto são importantes pra gente.
E os elogios vêm geralmente daqueles de quem nada esperamos, para nos ensinar que não dependemos de nada, nem de ninguém... Que o que se plantou ontem será colhido amanhã, no seu devido quinhão... nem mais nem menos do que merecemos.
E, portanto hoje foi meu dia de receber. De qualquer forma fica o meu muuuuuuuuuito obrigado.
E aqueles que dominam do alto do seu pequeno reino (o próprio umbigo) todo o conhecimento que eu confesso, eu não tenho... à estes meu sincero sentimento de desprezo...

Construam bem mais alto o reino, pisoteiem os que aceitarem ficar por debaixo e morram perdidos no vale do próprio egocentrismo!


(que malvada estou hoje)

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

4 comentários:

Silvio Vasconcellos disse...

Talvez seja por isso que o umbigo fica tão perto dos intestinos (rsss).

Raquel, amanhã tem post novo lá no Uni-verso! Prometo!

Beijo

Sílvio

cra disse...

'quem disse?' esse pode até ser um problema.
não sei. na falta de saber escrevo o que está lascado na minha mente desta tarde. orfeu se esquivou a todo o amor das mulheres em virtude do insucesso ou por que jurara fidelidade a uma só? e aquelas mulheres trácias despedaçaram o coitado que só queria ficar com os efebos. é estranho. é como diz aquele lorca ' eu ouço o canto da lombriga no coração das meninas'. enfim. é uma tristeza. mas pouco importa. raquel acho que te conheço. sociais?

Bill disse...

É dona moça... é preciso olhar o mundo com outros olhos sempre...
Saber separar tudo que o mundo mostra o que realmente estamos vendo...

Beijo e otimo fim de semana pra tu

:*

camille disse...

Conviver com os outros é complicado. Tem gente que vive pra criticar, não conhece outro modo de ser. Dessas quero sempre a maior distância possível.
É, eu mudei de blog, mas faz tempo. Não te avisei? Desculpe. Mas fico feliz de você ter me "encontrado". Beijinhos.