Queria saber quantas vezes somos obrigados a esquecer,
quando na verdade não queremos.
Queria entender porque muitas vezes não nos compreendem, quando estamos sempre dispostos a compreender (os outros).
Há vezes que queria parar de questionar, de procurar entender as coisas, as pessoas;
Fico me perguntando se aqueles que vivem aos extremos, sem se preocupar, sem pensar nos porquês, não levam uma vida melhor que a minha...
Às vezes, descubro que penso demais...quando deveria esquecer.
Mas nada como um dia novo, um ano novo e, eis que tudo se faz novo.
E o hoje, amanhã, já é passado.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

0 comentários: